Cidade de São Paulo inaugura sua primeira praia urbana

Por Danilo Mekari, do Portal Aprendiz –

São Paulo tem avenida que vira calçadão aos domingos, elevado que vira parque aos finais de semana e, a partir de agora, um estacionamento abandonado que se transforma em praia. Isso mesmo: uma praia urbana.

Distante cerca de 80 quilômetros do mar, a capital paulista ganhou no início deste mês um espaço de dois mil m² cheio de areia, árvores, gramado, cadeiras de praia e guarda-sóis para livre usufruto dos cidadãos. Tem até chuveirão e espreguiçadeira para quem quiser se sentir de frente para o mar.

Localizado no Bixiga, o projeto PIPA SP quer se tornar ponto de encontro para amigos, famílias e pessoas que busquem lazer, cultura e tranquilidade no ambiente urbano. “Faltam lugares com essa ideia em São Paulo, para ir com a família e ficar o dia inteiro, interagindo com a natureza, tomando sol. Ao trazer a praia para cá, criamos um lugar novo em um espaço central, e oferecemos para a cidade uma nova possibilidade de lazer”, afirma Armando Onofri, um dos idealizadores do projeto.

Com entrada gratuita, o espaço terá atrações culturais e educativas, como oficinas, palestras e feiras de alimentos orgânicos e adoção de animais. “Queremos mostrar que a cidade pode ser mais saudável”, aponta Onofri.

Espaço está localizado no Bixiga, região central de São Paulo. Foto: Reprodução

 

Neste primeiros dias de funcionamento, a programação contará com apresentação de dança indiana, aula aberta de zumba, produção de caricaturas e um espaço de massagem (sábado) e aula aberta de yoga, apresentação musical peruana e feira de orgânicos, além de uma oficina que ensinará como fazer produtos de limpeza naturais (domingo).

“A ideia também é trazer uima contribuição educativa para a cidade. Estamos abertos para novas participações, é um espaço de todos. O foco do projeto é trazer a educação para dentro dele”, acredita.

 

A praia urbana foi criada dentro de um espaço até então abandonado, anexo a um estacionamento, na rua Doutor Alfredo Ellis, 198. Antes da transformação, o local acumulava entulho, lixo, carcaças de carros, ratos e até mesmo uma cobra. “Conseguimos transformá-lo em um lugar agradável para a cidade.”

(Portal Aprendiz/ #Envolverde)

* Publicado originalmente no site Portal Aprendiz.

Posts Relacionados

Postado em: 1.1-Canais, Cidades

Deixe seu Comentário